Sobre

Em Maio de 2006 tivemos o prazer de criar o Blog de Espiritismo e, após publicar alguns textos timidamente, fomos brindado com a felicidade de alguns amigos abraçarem aquele projecto com uma garra acima da média, escreveram muitíssimo, ainda por cima sempre com qualidade.

A consequência ficou à vista:

Anos muito produtivos em partilha de conhecimento, cerca de 3500 artigos publicados, mais de 2 milhões de páginas lidas, imensos comentários e emails recebidos, mas acima de tudo, o desejo íntimo de que pelo menos um texto tenha ajudado alguém… se assim foi, atingimos o nosso objectivo!

Passados estes anos e depois do Blog de Espiritismo estar em autogestão desde 2014, chegou o momento de virar a página.

Alguns dos autores deixaram de ter disponibilidade para escrever, outros estão a escrever noutras páginas, mas aquele espaço em concreto deixou de fazer sentido, até porque corríamos o risco elevado de alguém nos escrever algo (um pedido de esclarecimento, um pedido de ajuda, um desabafo, etc.)  e nós não nos apercebermos, deixando a pessoa sem resposta.

Para fazer mal feito, mais vale não fazer! E no final de 2016 o Blog de Espiritismo foi desactivado.

Assim, decidimos criar o Espiritismo Online, onde publicaremos alguns dos nossos textos originalmente publicados no Blog de Espiritismo, e outros novos, com o propósito de divulgar a Doutrina Espírita e com esperança de contribuir para a desmistificação do tema junto da sociedade em geral.

Resta-nos desejar as boas vindas a este espaço. Se o achar com qualidade, siga-o nas redes sociais, subscreva para ser avisado por email sempre que um novo texto é publicado, deixe o(s) seu(s) comentário(s) e divulgue-o para ajudar a chegar a mais pessoas.

Este texto não foi escrito segundo o novo acordo ortográfico.